Traços no Tempo

2018_03_20_16_11_33

nada acontece fora de tempo

não adianta ir além do tempo

nem atrás do tempo

porque o tempo tem o seu tempo

 

viver o tempo

ao alvorecer das lágrimas

e desabrochar das pétalas

é o sol que cintila no mar de rosas

 

no culto do tempo

todos marcam presença

em cada gesto íntegro ou perverso

que transcende o mundo vil

 

suplicamos pelo tempo

no holocausto da vida terrena

quando a natureza imperfeita

fustiga as carnes

das almas atormentadas

nas mãos alheias

cada tilintar da vida

é um eco implícito

onde nenhum ente sobrevive

sem traços no tempo.

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.