MEU MAR DE AMOR

LIMA 1 

Nesse mar imenso 
Onde vivo navegando
Que sejas o único farol
O cais onde posso atracar

Se tu fosses a chuva
Meu corpo seria o solo
O chão, plana terra firme
Para que a tua gota quente
Caía, molha e vai deslizando
Penetrando os poros do meu ser

Já sabes que vivo para te amar
E se um dia tiver que morrer
Que seja só de amor por ti
E em ti ressuscitar-me-ei
Logo na terceira noite
Não te deixo sequer
Sentir a saudade

Pois és meu mar

De amor!

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.